Que Droga

Saúde mental e doenças

Se você sofre de ansiedade ou depressão, usar drogas recreativas aumenta o risco disto piorar ou de você desenvolver um problema de saúde mental mais sério. Se você tem tendência a estes problemas, usar drogas pode iniciá-los. Mas você pode não saber que é vulnerável a problemas de saúde mental na hora, e só descobrir isto quando as drogas iniciarem um problema. Alguém diagnosticado com esquizofrenia ou outra doença mental séria não deve usar drogas de jeito nenhum. Quanto maior a quantidade e mais longo o tempo de uso, maior a chance de ter problemas de saúde mental. Doença mental séria como psicose (não saber o que é real e o que não é) pode ser o resultado do uso de grande quantidade de algumas drogas.

Estas drogas, particularmente, e o uso de grandes quantidades delas, têm sido relacionadas a problemas de saúde mental:

Ainda não está claro se o ecstasy aumenta o risco de depressão ou perda de memória a longo prazo. É bom lembrar que álcool é uma droga depressora, então vai fazer alguém que sofre de depressão se sentir pior, especialmente se ele é usuário há muito tempo e de grandes quantidades. Verifique nas páginas individuais sobre estas drogas os detalhes sobre os possíveis efeitos no seu estado mental.

Anti-depressivos e drogas

Alguns anti-depressivos podem interagir com  algumas drogas recreativas (E, speed, cristal, ácido e cocaína). Eles podem elevar o nível das drogas no corpo para concentrações perigosas. Uma reação perigosa chamada síndrome da serotonina pode também acontecer, onde o cérebro libera muita de sua ‘substância do bem estar’ serotonina. Sintomas incluem batimentos cardíacos rápidos, sudorese, espasmos musculares, tremores, temperatura alta, se sentir  agitado, e não conseguir dormir. Atendimento médico urgente é necessário. Se te receitaram antidepressivos, veja com um médico quais interações possíveis com as drogas recreativas que pretende usar. O médico pode te dar um tipo de remédio diferente, um menos propenso a dar uma reação indesejada com a droga.

Outras doenças

Seu fígado, rins, batimentos cardíacos, pressão sangüínea e circulação são partes do seu corpo afetadas pelas drogas de rua. Então, se você tem algum problema de saúde relacionado com estas partes do corpo, drogas podem aumentar mais ainda o problema. Pessoas com os problemas abaixo devem ficar bem cautelosas a respeito de usar drogas, e converse isto com um médico. Eles talvez recomendem evitar completamente:

  • Pressão sangüínea alta ou baixa
  • Problemas do coração
  • Epilepsia
  • Glaucoma (pressão interna do olho anormal)
  • Histórico de ataques ou desmaios.

Se seu fígado já foi danificado por hepatite (A, B ou C) ou você está se recuperando destas, é recomendado evitar álcool e drogas. É possível que alguém tenha um problema de saúde sem saber (por exemplo um defeito no coração) até que uma emergência causada pela droga exponha isto.

27 comentários sobre Saúde mental e doenças

  • 1
    Ana says:

    Gostaria de colocar algumas questões a vocês responsáveis pelo site! Achei muito interessante vocês trazerem várias informações que não são divulgadas por outros sobre as drogas, assim as pessoas podem se manter informadas. Por outro lado, vocês não acham que estão estimulando / induzindo o uso / abuso de tais drogas, do modo como passam as informações?! Acredito que muitas das falas utilizadas neste site são de baixo calão e, por isso, poderiam ser evitadas, pois isso faz com que as pessoas se apropriem ainda mais de tal linguagem e, assim, se identifiquem ainda mais com as drogas, o grande mal em nossa sociedade atualmente. Acho muito importante a iniciativa do site, porém é preciso rever certas coisas!

    • 1.1
      Que Droga says:

      Olá Ana.
      Obrigado pelos elogios.
      Quanto às palavras de baixo calão, trata-se de um trabalho de tradução de originais em inglês, e lá utilizam a linguagem direta, até mais direta do que coloquei aqui. Por exemplo, utilizam ‘dick’, que é ‘pau’, e se você sugere que eu utilize ‘pênis’, teria que ter no original ‘penis’, mas para que a tradução fosse um trabalho fiel, mantive a palavra correspondente. Traduzi ‘Ass hole’ para ‘ânus’, que deveria ser ‘cu’ mesmo.
      E o uso da linguagem mais próxima da utilizada pelos jovens é justamente a intenção deste site. Não queremos um texto formal e distante. Queremos atrair este público para as informações constantes aqui. E este site não estimula / induz o uso / abuso de drogas, apenas informa os visitantes sobre os diversos aspectos que rondam o mundo dos entorpecentes, com profundidade e seriedade num formato leve. Se o texto for chato, o cara pode desistir e ir procurar informações em outro lugar, com amigos, com traficantes ou na rua, onde a droga é encontrada e onde existe muita desinformação.

      • 1.1.1
        Alessandra says:

        Não sou usuária, mas trabalho na área de saúde. A informação não induz ao uso, muito pelo contrário, quanto mais esclarecidas as pessoas maiores as possibilidades de redução de danos e até abstinência. A intenção é promover a saúde. Mesmo que a pessoa não queira parar de usar, possibilitar que este uso não traga mais prejuízos para a saúde do que o necessário, ou seja, o próprio mal que a droga faz.

  • 2
    Vinicius says:

    Fantástico o trabalho! Claro, direto, moderno, atual, e interessante. Fala diretamente com o jovem [alvo maior das pessoas que comercializam as drogas].

    Parabéns e OBRIGADO por não mascarar nem maquiar a realidade.

  • 3
    Diego F. says:

    Olá, amigos! Acho que o site é acima de tudo informativo. Não adianta proíbir/censurar. Você tem apenas que informar a verdade. Todos sabemos o quê o uso de drogas podem causar (graças a informativos como esses) mas cada um sabe de si. Devemos então nos reguardar da melhor forma possível. Mais uma vez, parabéns pela bela iniciativa.
    TENHO UMA DÚVIDA muito importante para mim.
    Faço o uso do medicamento LEXAPRO quê é um escitalopram, inibidor da serotonina. Um medicamento moderno em quê, possui efeitos coleterais mínimos, quando registrados. Como meu psiquiatra é o mesmo do meu tio não tenho total liberdade com ele para tratar desses assuntos (um erro, totalmente). Queria saber qual é a interação do uso de ÁCIDO, MACONHA, ECSTASY COM ELE. JÁ QUÊ… me sinto bem, pórem sempre acho que falta algo em mim e vou fazer uma viagem com uma “galera” liberal e talvez poderia ocorrer o uso ocasional, Tendo em vista que ele liberou o uso de ALCOOL.QUERIA RESPOSTA. GRATO.

    • 3.1
      Que Droga says:

      Olá Diego.
      Não conheço exatamente o seu medicamento, mas pelo que vi, ele é da familia do Prozac, um inibidor seletivo de recaptação de serotonina (SSRI).

      Se uma pessoa está fazendo uso destes medicamentos e toma bala, a onda será fraca ou até mesmo pode ser que não sinta nada. O Prozac diminui os efeitos do ecstasy, mas não produz outras grandes interações medicamentosas, conforme podemos ver bem explicado neste slideshow que mostra detalhadamente como o ecstasy atua (em inglês) http://www.dancesafe.org/slideshow/

  • 4
    Diego F. says:

    Olá, Amigos!

    Queria agradecer quanto à sua disponibilidade de resposta. Queria saber, se possível, se seria a mesma interação com maconha e doce.
    Obrigado e parabéns dinovo pela bela e CORRETA iniciativa de INFORMAR. Já que censurar ou criar esteriótipos não vai resolver nosso problema.

  • 5
    Antonio Santana says:

    PARABÉNS!!!!
    Fiquei muito empolgado com teu site, já que tratas dos assuntos de forma direta e com uma linguagem acessível aos jovens!
    Parabéns!

  • 6
    Rafael says:

    Olá eu sou bipolar tomo litio e lamotragina qual é o problema da interação medicamentosa com a maconha, lsd, salvia e cogumelos.Alem da interação quais saõ os problemas delas com o agravamento do transtorno bipolar.

    • 6.1
      Que Droga says:

      Olá Rafael.
      A interação medicamentosa dos remédios com as drogas talvez não seja o maior problema.
      Acredita-se que drogas agravem transtornos psicológicos, portanto consulte seu médico antes de usar drogas.

  • 7

    fui diagnosticado de transtorno de ansiedade estou fazendo tratamento psquiatrico depois que eu acabar o tratamento e me sentir realmente bem eu posso fazer o uso de alguma droga normalmente. ja que ele disse que apos o tratamento poderia ingerir alcool.

  • 8
    ilene says:

    parei com os ant depressivos eu tomo diazepan ao dia e pra dormir tomo rivotril ja faz uns anos o rivotril ja ñ sinto mais aquela reação de antes prq? pelo contraio sintopressão
    na cabeça..as vezes em vez de tomar os remedios eu tomo bebida alcolica.. na hra fko feliz d bem com a vida mas no dia seguinte ai.. ai.. tenho senssação q vou morrer!
    algeum ae pode me ajudar
    ñ sei fkar sem os medicamentos e quando fiko depremida ñ sei fkar sem beber…..o q eu faço ? socorroooooo….

    se alguem puder me responder
    fko muito grata..
    ah tenho cinquenta eum anos
    perdi totalmente a libido!

    gostaria de saber se os sedativos como rivotril diazepan fluoxetina tira a vontade de fazer sexo ou e apenas fazes da menopausa?

    aguardo a resposta de alguem q tenha o msmo problema ..

    • 8.1
      Que Droga says:

      Olá,
      os anti-depressivos geralmente reduzem a libido.
      Quanto as suas outras questões, procure seu psiquiatra ou um bom psicólogo para mais esclarecimentos.

    • 8.2
      Marcus says:

      Boa noite Ilene;
      Posso afirmar por experiência própria que a fluoxetina e a paroxetina afetam totalmente a libido. Fiz uso com acompanhamento médico e durante uma conversa acabei descobrindo meu problema, estava me deixando mais deprimido, “não estava dando no coro” por falta de libido e acabava me colocando em situações ruins com minha parceira, troquei essas substâncias por outra que não afeta em nada a sexualidade e me sinto muito bem hoje, amor ajuda muito, mesmo que seja moderno (sem compromisso e com segurança) ajuda a seu corpo funcionar normalmente e com certeza faz vc se sentir melhor! Espero poder ter ajudado! Vou informar a substância que utilizo como substituição somente por informação, somente o psiquiatra pode mudar qualquer medicação, hoje utilizo a Bupropiona e me sinto muito bem e inclusive me ajudou a parar de fumar!!

    • 8.3
      Alessandra says:

      Procure um psiquiatra, querida, se trate. Existem medicamentos que não tiram a libido. Você está usando o álcool como uma fuga dos seus problemas e será que ele realemente resolve algum problema? Nem álcool nem drogas ilícitas agem como medicação, o uso recreativo é muito diferente do que vc vem fazendo consigo mesma. Procure um psiquiatra, se trate a aí sim volte a usar, caso esta seja sua vontade.

  • 9
    jaime says:

    olha tomei antidepressivos e sei q tiram a vontade de fazer sexo. tbm acho q n compensa toma-los pois no meu caso me levaran ao panico, insonia..e mais depressao…os ansiolticos..calmantes…sim me ajudam….e as vezes se tomo alcool socialmente entao nao misturo com os calmantes..naquele dia. Ha dias q nao tomo nenhum remedio, nem bebo. Acredito exercicios fisicos moderados,
    boa convivencia em casa e sair regularmente com bons amigos ajude tbm

    • 9.1
      Alessandra says:

      Cada caso é um caso, Jaime,e acho extremamente irresponsável sugerir a uma pessoa a interrromper sua medicação. Ótimo que sua depressão tenha sido controlada sem a necessidade de medicação (por vezes isso é sim possível), mas há casos onde a medicação é essencial e ao não usar o quadro irá se agravar podendo levar incluisive ao suicídio. Esta necessidade deverá ser avaliada exclusivamente pelo médico e não por amigos, vizinhos, conhecidos ou desconhecidos.

  • 10
    duda says:

    oi, tenho diabetes tipo 1 e uso algumas drogas, qual o risco a minha saúde? uso lsd, maconha e alcool.. ja usei tbm cocaina…

    • 10.1
      Que Droga says:

      Usar algumas drogas pode ser mais perigoso para quem tem diabetes do que para outras pessoas. É o caso de cocaína, speed, cristal e ecstasy pois como estas drogas aumentam o metabolismo, aumentam também o nível de açúcar no sangue. Isso pode levar ao coma e em casos extremos, morte. Maconha também pode alterar os níveis de acúcar, e claro, o álcool é também perigoso neste caso. É preciso então saber como administrar a diabetes nestas circunstâncias, para evitar a perigosa hipoglicemia. Amigos também devem ficar atentos e serem informados sobre o que fazer caso tenha uma crise.

  • 11
    vagner rodrigues says:

    oi ja perdi tanto com a droga q é muito bom poder ler alguns depoimentos aqui neste site muito obrigado tdo de bom

  • 12
    Morrison says:

    Olá tenho uma duvida,

    Sou muito ansioso e estou em tratamento há 7 meses com Rivotril 0,5 mg e citta 20mg . Ja estou muito melhor Tambem porque estou fazendo YOGA e outros tipos de exercícios físicos. Nao uso nenhum tipo de droga , fora essas supracitadas e esporadicamente faço o uso de alcool.
    Tenho muita curiosidade em tomar LSD , doses pequenas no inicio é claro , gostaria de saber se O uso do LSD pode
    E prejudicar durante meu tratamento .

    • 12.1
      otto says:

      Velho…na boa…o que vc imagina?…o que te leva a ter toda essa curiosidade, a ponto até de achar que vai conseguir controlar a quantidade de doce que vai tomar na primeira vez…?
      Achar que fazer uso de drogas depressoras e despersonalizadoras…e ainda fazer ioga pra fugir mais ainda da realidade o torna apto a usar um mero lsd, de leve…desmistifique a sua condição psiquica primeiramente e não subestime outros tipos de drogas…é garantido que ficará infinitamente mais confuso!!

    • 12.2
      Alessandra says:

      Não procura sarna pra se coçar não, cara….
      Você não é usuário, sabe que droga vicia, que traz danos sociais e ao organismo, vai entrar nessa pra que? Acreditar no velho jargão de só uma vez?
      Procure outras formas de se divertir. Vc não precisa entrar nas drogas para isso…

  • 13
    Amanda S. says:

    Quase todos da minha família tem problema de esquizofrenia (vó, 2 tias, pai) e eu começei a fumar basi e beber bastante nos ultimos tempos. Será que isso pode piorar a minha situação e fazer com que eu tenha mais chances de ficar louca?

Os comentários estão desabilitados no momento devido à falta de doações.

Achou o conteúdo deste site útil? Colabore fazendo uma doação de qualquer valor.


Todo o conteúdo deste site é fornecido apenas para informações gerais. Consulte sempre seu médico. Leia a página Sobre este Site.
© 2017 Que Droga - Informações e esclarecimentos - Produzido usando WordPress e canetinhas Stabilo - Textos (RSS) e Comentários (RSS).