Que Droga

Uso mais seguro

Cheirando

Quando se cheira drogas, quantidades microscópicas de sangue ou muco podem passar de um nariz irritado ou lesado para outro. Parece que este é o jeito com que a hepatite C pode passar quando pessoas compartilham objetos usados para cheirar (por exemplo notas enroladas, canudos ou ‘bullets’). Então evite compartilhar qualquer coisa usada para cheirar. Papéis de ‘post-it’ (um novo para cada pessoa) são uma alternativa mais segura.

Depois de cheirar, enxaguar o que restou da droga para fora da narina reduz o risco de danificar a mucosa interna do nariz.

Fumando

Se alguém tem uma ferida aberta no lábio e compartilha baseados, cachimbos ou cigarros, pode espalhar o vírus da herpes. O mesmo vale para sífilis se ele tem uma ferida de sífilis no lábio ou na boca. Mas o maior risco de infecção séria (hepatite C e possivelmente HIV) ocorre quando se compartilha cachimbos para fumar crack – sangue contaminado de um lábio ou boca sangrando ou ferido fica no cachimbo. Os lábios podem ser protegidos ao enrolar uma tira de borracha em volta da ponta do cachimbo. Compartilhar cachimbos deve ser evitado.

No ânus

Se uma droga está sendo enfiada no ânus usando uma seringa cuja agulha foi retirada, é menos arriscado de passar HIV ou outras infecções levadas pelo sangue (como hepatite C) – mesmo se esta seringa sem agulha é compartilhada. Isto acontece porque, ao contrário de quando se injeta numa veia, não há contato com uma agulha contaminada com sangue.

Mas colocar uma seringa sem agulha dentro de um ânus depois dela ter estado em outro contém algum risco de passar sangue infectado de um ânus lesionado para outro. E isto possibilita infecções mais facilmente transmitidas como gonorréia, sífilis ou herpes, então seringas sem agulha não devem ser compartilhadas. Uma limpa para cada ânus é necessária, ou a seringa deve ser lavada totalmente cada vez que for ser usada em uma nova pessoa.

Injetando

Injetar é a mais perigosa forma de usar drogas, com riscos que não existem ou que são bem menores se você fumar ou cheirar a droga. Os riscos incluem:

  • overdose
  • pegar sérias infecções (como HIV e hepatite C)
  • contaminação do sangue
  • estouro de veias
  • abscessos
  • bloqueio do sangue/trombose profunda de veia
  • tornar-se psicologicamente dependente do ritual de injetar

Injetar droga causa uma batida mais forte, então é mais provável de levar ao vício. Injetar drogas (ou esteróides) pode também significar compartilhar o equipamento (agulhas, seringas, colheres, água, filtros, curativos, etc). Esta é a mais eficiente maneira de espalhar infecções levadas pelo sangue como HIV e hepatite B e C. A quantidade de sangue ali pode ser muito pequena para ser vista.

Se mesmo assim for injetar, consulte a página com informações avançadas sobre como injetar com mais segurança.

37 comentários sobre Uso mais seguro

  • 1
    manuel disse:

    obrigado pelas dicas !!!! gostei

  • 2
    pemba disse:

    muito bom voces sao 10 thanks

  • 3
    rafaela disse:

    realmente, acho q o ritual de injetar eh oq mais vicia, psicologicamente. adictos adoram um ritual, e nenhum eh mais gostoso do q o da seringa!

  • 4
    pardal disse:

    nunca vi injetar no cu to fora

  • 5
    fenomeno disse:

    olá, eu gostaria de saber se uma pessoa portadora do virus causador da hepatite c, pode transmitir o virus ao compartilhar um baseado ou um cigarro?

    • 5.1
      Que Droga disse:

      Olá,
      o virus da hepatite C, assim como o HIV, é transmitido de uma pessoa pelo sangue ou pelo sexo sem camisinha. Portanto, se os lábios das duas pessoas estão saudáveis, não vai ocorrer a transmissão caso elas compartilharem cigarros comuns ou de maconha.

  • 6
    claudia disse:

    Meu namorado fuma crack, mas sem ser na latinha, ele fuma como se fosse maconha. ele pode passar hiv para mim?

    • 6.1
      Que Droga disse:

      Olá Cláudia.
      Fumar crack num cigarro normal não transmite HIV. Mas isto não garante que ele possa adquirir o vírus de outras formas, portanto, se transam sem camisinha, certifique-se que ambos possuem exames recentes e que ele não praticam outras atividades de risco fora de casa.

  • 7
    Charles Bubison disse:

    QUEM CRIOU ISTE SITE É FODA!
    PELO DESIGN FÁCIL E FODA DE LER!!!
    CARALHO PARABÉNS!!!!

  • 8
    Isa disse:

    site demais mesmo, muito bom, parabens!

  • 9
    pseudo-careta disse:

    Não posso deixar de parabenizá-lo por esse projeto… Simplesmente sensacional. Me alertou para várias coisas, como por exemplo, para os riscos de transmissão de hepatite C ao cheirar K e cocaína, coisa que nunca me passou pela cabeça.

  • 10
    pseudo-careta disse:

    Minha dúvida é a seguinte: existe algo que eu possa fazer ANTES de usar alguma droga que possa amenizar seus efeitos maléficos? Por exemplo: se eu sei que hoje à noite eu vou usar ecstasy, K e G, o que posso fazer durante o dia para reduzir danos aos rins, fígado e coração?

    • 10.1
      Que Droga disse:

      Se for usar drogas, tente se alimentar antes, para não estar de estômago vazio nem faco. E o recomendado é consumir o mínimo de drogas, não só pelos danos aos órgãos, como também pelos danos psicológicos que o excesso de drogas pode causar. E tente se alimentar e hidratar adequadamente ao longo da noite.

      Alguns estudos científicos que mostram que não existe efeito tóxico de GHB no fígado, rim ou outros órgãos: http://www.erowid.org/chemicals/ghb/ghb_faq.shtml (em inglês).

      Mas para evitar problemas hepáticos da combinação destas três drogas, evite o uso de álcool e remédios que podem sobrecarregar o fígado, como paracetamol ou nimesulida.

  • 11
    kimberly disse:

    droga infiada no cu? nunca vi isso nao mano Oo kkkkkkkkkk mais valeu ae pelas dicas viu :) :*

  • 12
    claudia disse:

    para injetar cocaína no ânus, não é necessária a agulha??? o procedimento é o mesmo da injeção por veias, porém sem o uso da agulha?

  • 13
    Bruna disse:

    kk
    nossa muito bom o site eu tenho um primo que ele meche com essas coisas ae e sei que e a pior coisa que um pessoa faz

  • 14
    Fenix disse:

    Não acho uma boa cocaina via anal ou vaginal porque a quantidade vai ser bem maior, penso eu, do que pelo nariz…parece que foi assim que a Elis Regina teve uma overdose, mais uisque e barbituricos…

  • 15
    paulo disse:

    dividir uma chave para cheirar, tipo, dar uma ‘chavada’, entre duas pessoas, existe algum risco de transmissão de hepatite c? lembrando que a chave não entra na narina como canudos e etc…

  • 16
    alemao disse:

    sifilis nao pega usando cachimbo.diz infectologista,hepatite c tambem.

  • 17
    LILIAN disse:

    voces falam como se fosse normal,dividir, compatilhar a melhor maneira de usar,porque que voces nao preucupam em ver qual é a melhor maneira pra sair,me poupe estão morrendo a prestação e achando engraçadinho,e nao falo isso porque nao sei do assunto não,sei muito bem o sofrimento que é usar droga e ser isolado de todo mundo,e a sensação que fica depois é horrivel,por isso a pessoa tem que isar mais e mais,e não existe essa de uso mais seguro,isso distroi a alma.ficamos distante de nos e de Deus,dos amigos da familia,da vida em si.caiam na real e procurem ajuda,nao estou julgando ninguem só estou dando minha opinião que alias é só olhar em volta e ver como a vida de quem usa droga é destruida e o final dela é muito triste.vamos pensar no amanhã pessoal,hoje estão sadio e andando sozinhos e amanha na velhice como vai ser?disperdiçaram a vida de voces,e não vai ter como voltar atrás.pensem nisto o importante não é como começa e sim como vamos terminar nossos dias e o principal para onde iremos depois disto tudo,eu sei pra onde vou e voces?

  • 18
    Lucas disse:

    Que site foda Ate o k que eu estava procurando aprend a fazer. hehe parabéns

  • 19
    Fabinho disse:

    Sou usuario de cocaina e p minha vida ficar perfeita tenho que parar com essa merda,qual e a melhor maneira de parar?

  • 20
    simidao disse:

    Sempre que uso cocaina meu nariz fica muito zoado. Que remedio posso usar pra ele nao ficar tao ruim. Uso descongex e neossoro mas nao ajuda muito

  • 21
    Cami disse:

    Droga nao podia izistir

  • 22
    elizi disse:

    Quando experimentei maconha pela primeira vez tinha mais ou menos 15 anos,senti tudo que nunca havia sentido. Ao passar do tempo,casei,mas a primeira vez foi horrivel,mas tudo bem comecei a vingir o orgasmo.Nunca mais foi a mesma coisa do que quando experimentei a maconha.
    Hoje estou com 46 anos e com outro marido,sou mãe de 2 adolescentes,com ele tenho certa liberdade de pedir p fumar antes da relação,mas vejo q ele não gosta muito,então fico frustrada/mas mesmo assim as vezes ele aceita.Mas meus filhos não sabem de maneira nenhuma.
    Hoje foi uma noite que eu tinha planejado tanta coisa p nós,mas ele deu a desculpa q estava cassado.
    Por favor o q devo fazer,me ajudem

  • 23
    otto disse:

    Moderação podia apagar as pregações…não as trocas de ideias. Valorize vossa iniciativa…estara salvando muita gente…muito mais que incentivando.
    Att

  • 24
    otto disse:

    Galera….
    Recado importante, autorizado pela moderação do site:
    Sabemos da dificuldade pra simplesmente encontrarmos um espaço democratico na rede…especialmente com esse teor.

    Enfim…venho humildemente clamar a quem admira a iniciativa dos responsaveis pra dar uma moral um pouco alem dos elogios…vamos ajudar a manter esse espaço, doando qualquer quantia…qualquer mesmo…hj doei 5,00 e fiquei sabendo que foi a primeira contribuição do ano…se cada um que acha o site maneiro disponibilizar 1,00…2,00…3,00…acredito que seria sufuciente, ñ só pra manter o site como tb, pode servir de incentivo até pra melhorar o que ja é bom.

    Não tenho qualquer ligação direta com os responsaveis…só mais um admirador…vamos dar uma observada nas despesas que nossos amigos vem arcando ultimamente…sem doações ou patrocinios.

    Economizando uma dose de pinga por mes, servira como um baita incentivo até pro surgimento de novos espaços pra AJUDAR e orientar…jamais incentivar!!!

    Valeu!!!!!

  • 25
    cosme disse:

    olha só,não usava cocaina a algum tempo,usei a alguns dias,enfim,existe algum risco de se contaminar com hiv compartilhando o mesmo canudo?
    obs:não vi nemhum sangramento nos outros usuários.

    • 25.1
      Que Droga disse:

      Só se houve contato de fluidos, como sangue de uma pessoa contaminada e mucosas de outra pessoa, pode haver contaminação. Mas como diz que não houve sangramento, as chances são nulas. Mas faça um exame anti-HIV por desencargo de consciência.

  • 26
    contini disse:

    nossa nossa ….

    assim vc me mataaaaa !!!

    procure a mistura certa e veja objetos voando !!!

    contra indicado à todosss !!!

  • 27
    Feh disse:

    Zika da baladaa vamoo kii Vammooo !

Os comentários estão desabilitados no momento devido à falta de doações.

Achou o conteúdo deste site útil? Colabore fazendo uma doação de qualquer valor.


Todo o conteúdo deste site é fornecido apenas para informações gerais. Consulte sempre seu médico. Leia a página Sobre este Site.
© 2014 Que Droga - Informações e esclarecimentos - Produzido usando WordPress e canetinhas Stabilo - Textos (RSS) e Comentários (RSS).